domingo, dezembro 10, 2006

Está por um fio...

No outro dia, fui jogar à bola. Fiz uma exibição do caraças, passe a modéstia. O segredo foi imaginar que escutava a Born to run, do Springsteen, enquanto ia deixando os adversários, um a um, para trás. Eh, eh. Já uma vez tinha lido que o Michael Johnson, antes de qualquer corrida de 200 metros, ouvia sempre a Me against the world, do Tupac. Quando descobrir que música trauteia o Ronaldinho enquanto dá espectáculo, poderei definitivamente abandonar o curso e este blog para abraçar, por inteiro, uma carreira futebolística no Sporting.

3 Comments:

Blogger MDA said...

A Born to run sempre foi, para mim, remédio para todos os males. Já me curou gripes, resfriados, apendicites, intoxicações alimentares e tudo. A Born to run é omnipotente, é o único e verdadeiro Deus. É pelo menos essa a minha fé.

12:07 da tarde  
Anonymous Bernardo said...

Uma fonte anónima fez chegar aos meus ouvidos, felizmente não na totalidade, a verdadeira inspiração musical de Ronaldinho. Consta que é ao som de "Coração de Cowboy" (versão ao vivo), de Chitãozinho e Xororó, que Ronaldinho se prepara para partir os rins ao adversário com um elástico perfeito, ou para marcar um daqueles livres magistrais. Não há mais lugar para desculpas, a Liga dos Campeões está nos teus pés!

11:22 da tarde  
Blogger FM said...

Obrigadíssimo pela informação. Vou já procurar "Coração de cowboy no emule". Em troca, hei-de arranjar maneira de mencionar o teu nome na minha primeira flash interview. Não posso escrever Bernardo na camisola interior e mostrar quando marcar de pontapé de bicicleta porque dessa vez vou exibir "jesus cristo é o senhor"

11:14 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home


Site Counter Hit Counter