quarta-feira, janeiro 03, 2007

Era uma vez...

Há distância de mais de 15 anos, e porque se diz, por aí, que o grunge está morto, acho que posso afirmar que Crown of Thorns/Chloe Dancer foi a melhor música que surgiu do panorama musical de Seattle quando a cidade era mais do que um sítio em que chovia a quase toda a hora e onde o Shawn Kemp afundava na cara de toda a gente. Na altura, os Supersonics também tinham um gajo chamado Detlef Schrempf que, às minhas tentativas para tentar pronunciar o nome, me fazia constantemente enrolar a língua. Os Mother Love Bone e Andrew Wood já não existem, portanto, melhor também já não fazem.

3 Comments:

Blogger samgs said...

E o Gary Payton também andava por aí nessa altura!!

Quanto à música, não sei se concordo. Não sei se é a melhor, provavelmente porque sou incapaz de nomear uma só. Mas é uma bela música. Infelizmente os Mother Love Bone soam hoje algo datados, o que se percebe pois editaram um só álbum, ainda antes da explosão grunge, o que os impediu de inovar/renovar o seu som e de "fugir" às influências vindas do rock dos anos 70.

11:41 da tarde  
Blogger imightbewrong said...

a crown of thorns e linda.

12:33 da manhã  
Blogger FM said...

O/A imightbewrong desta vez está certo! Aposto que já estás farto(a) de trocadilhos com o teu nick :)

3:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home


Site Counter Hit Counter